female muscle hypertrophy, ganhar músculo

Hipertofia Muscular Feminina E O Mito De Ficar << Muito Musculosa >>

O treinamento inteligente está em voga agora, e as mulheres não estão mais com medo de ficarem fortes.

 

Mas o medo de ficar muito musculosa continua impendindo muitas mulheres que gostariam de treinar pesado.

 

As mulheres ainda estão com medo de que o aumento de volume seja um produto de apenas fazer algumas séries extras. Obviamente, o treinamento resistido vai construir músculos nas mulheres, mas elas precisam entender que é muito mais difícil para eles ganhar massa do que é para os homens.

Esteja ciente de que, se os caras que treinam pesado na academia ainda não se parecem com Ronnie Coleman, você também não vai! Isso se deve em parte ao ambiente hormonal das mulheres; elas têm 20 a 40 vezes menos andrógenos circulando em seu sistema do que seus colegas do sexo masculino. Isso limita severamente a quantidade de músculo que uma trainee pode construir.

women strength training

Outro limite severo para a quantidade de hipertrofia que as mulheres constroem é o número de núcleos de fibras musculares que elas têm. Normalmente, as mulheres têm 40%  menos desses núcleos. Recentes avanços em nossa compreensão da fisiologia muscular ressaltaram a importância do núcleo das células satélites nos mecanismos subjacentes à hipertrofia muscular.

Então, uma mulher que treina força definitivamente vai ganhar músculo. Mas ela não ganhará tanto músculo quanto um típico trainee masculino. Seus ganhos em massa muscular também irão parar muito mais cedo. Como regra geral, a maior parte da hipertrofia que uma mulher irá desenvolver ocorre nas primeiras dezesseis semanas. Depois disso, os ganhos de massa muscular tendem a estabilizar, e ganhos adicionais de força são feitos através de adaptações neurais. Isso afetará também o aspecto do músculo, já que mais propulsão neural fará com que o músculo pareça mais “tonificado”, dando assim uma aparência rígida, mas dificilmente “viril”.

Um exemplo disso aconteceu com as esquiadoras que treinei. Ganhos típicos foram 8 quilos de músculo durante as primeiras onze semanas de treinamento, enquanto perderam 12 quilos de gordura corporal em média. Isso afetou sua aparência dramaticamente, mas o peso na balança mudou em apenas 4 libras durante um ciclo de 3 meses. Tenha cuidado ao se orientar apenas pelas mudanças na balança.

Então, as mulheres deveriam ter medo de treinar com aumento progressivo de carga? Não!

Elas devem ter medo de ficar excessivamente musculosas? Não, de novo!

O treinamento pesado é altamente recompensador em muitos aspectos que se estendem além da massa muscular pura, como melhora dos perfis lipídicos e prevenção da osteopenia.

Aprecie a jornada!

Coach Charles R. Poliquin